Skip links
O que é violência de gênero Ademar Criminalista em BH

O que é violência de gênero? Exemplos

Share

Você sabe o que é violência de gênero? Neste texto irá descobrir o que esse mal que assola a nossa sociedade atualmente. Primeiramente, iremos expor o que é gênero e, após, quais são os tipos de violência praticados contra ele.

O que é gênero sexual?

 O conceito de sociedade de gênerosexual refere-se a características e atributos sociais, culturais e psicológicos associados à identidade de uma pessoa, que são influenciados pela e não são necessariamente determinados pelo sexo biológico.

Embora muitas vezes exista uma associação entre gênero e sexo, é importante ressaltar que eles são conceitos distintos. Enquanto o sexo biológico se refere às características físicas e fisiológicas que distinguem homens e mulheres, o gênero é uma construção social que compreende papéis, comportamentos, vestimentas e expectativas associadas a cada sexo. 

O gênero é aprendido e internalizado desde a infância por meio da socialização, e varia de acordo com as diferentes culturas e sociedades. A diversidade de gênero é um aspecto crucial de nossa sociedade, pois nem todas as pessoas se identificam com o gênero que lhes foi atribuído no nascimento. Além das categorias binárias de homem e mulher, existem diversas identidades de gênero, como não-binário, agênero, gênero fluido, entre outras.

 Essas identidades não se limitam a uma expressão estereotipada de gênero e podem variar ao longo do tempo. A compreensão e o respeito pela diversidade de gênero são fundamentais para a construção de uma sociedade mais inclusiva e igualitária. Todos devem ter o direito de expressar sua identidade de gênero sem discriminação ou violência. Reconhecer e respeitar a autodeterminação de gênero é um passo importante para combater o preconceito e promover a igualdade

 É válido ressaltar que a identidade de gênero não está necessariamente relacionada à orientação sexual. A orientação sexual diz respeito à atração emocional, romântica e/ou sexual que uma pessoa sente por outras pessoas. Portanto, é importante não confundir os conceitos de identidade de gênero e orientação sexual, pois são distintos e independentes. No Brasil, a diversidade de gênero tem sido cada vez mais discutida e debatida, com ações governamentais e movimentos sociais buscando garantir direitos e proteção para as pessoas LGBTQIA+. Leis contra a discriminação e a favor da igualdade de gênero foram rompidas, embora ainda haja um longo caminho a percorrer para garantir a plena igualdade e a liberdade de todas as identidades de gênero.

Concluindo, o gênero sexual é um conceito complexo e multifacetado, que se refere às características sociais, culturais e psicológicas associadas à identidade de uma pessoa. A diversidade de gênero é um aspecto importante de nossa sociedade, e o respeito e a inclusão de todas as identidades de gênero são fundamentais para construir um mundo mais igualitário e livre de discriminação.

A violência de gênero:

A violência de gênero é uma forma de violência que ocorre especificamente devido ao gênero de uma pessoa. É um problema complexo e amplo, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, independentemente de sua idade, classe social, capacidade física ou origem étnica.

 A violência de gênero pode se manifestar de várias maneiras, como físicas, sexuais, psicológicas, econômicas e emocionais. Uma das formas mais comuns de violência de gênero é a violência doméstica, que acontece dentro do ambiente familiar ou entre parceiros íntimos. Ela pode incluir abuso físico, como socos, chutes e sufocamento, abuso sexual, como coerção ou estupro, além de abuso emocional e financeiro, como controle excessivo, humilhação e privação de recursos financeiros.

 Além da violência doméstica, a violência de gênero também ocorre em outros contextos, como no local de trabalho, nas ruas e na comunidade em geral. Por exemplo, o assédio sexual no ambiente de trabalho é uma forma de violência de gênero que envolve comportamentos indesejados de natureza sexual que afetam a dignidade daquela pessoa, trata-se do ato, por exemplo, de um chefe prometer a uma funcionário certa bonificação tão somente se ele poder levá-la para cama.

 O assédio sexual pode ter consequências devastadoras para a saúde e bem-estar das vítimas, causando problemas emocionais, físicos e profissionais.

 A violência de gênero ocorre como resultado de desigualdades de poder entre homens e mulheres, e é alimentada por estereótipos de gênero, normas sociais e culturais políticas. Isso inclui atitudes que justificam e perpetuam a discriminação e a violência contra as mulheres. 

A ideia de que as mulheres são inferiores aos homens e merecem ser controladas e dominadas é uma base comum para a violência de gênero. As consequências da violência de gênero podem ser devastadoras tanto para as vítimas quanto para a sociedade como um todo. As vítimas podem sofrer danos físicos e psicológicos, incluindo lesões graves, traumas, ansiedade, depressão e até mesmo morte. 

Além disso, a violência do gênero também tem um impacto negativo na economia e no desenvolvimento social, já que impede o progresso pleno potencial das mulheres.

Conclusão

Após terminar essa leitura você passa a compreender o que é gênero e também o que é a violência de gênero. Agora, pode explicar sobre esse assunto para familiares e amigos.

Curtiu esse conteúdo? Sinta-se convidado para explorar o nosso blog. Garanto que os outros posts também irão lhe agradar. Precisa de auxílio por estar passando por alguma situação semelhante a aqui retratada? Você foi vítima de alguma violência? Chame-me no Whatsapp para que possamos marcar uma reunião aqui no escritório, posso lhe ajudar.