Skip links
exemplos de violência física e o que é Dr Ademar de Alcantara Advogado em BH

O que é violência física? Exemplos

Share

Todos nós tememos a violência, mas você sabia que existem diversos tipos de violência. Hoje conheceremos mais sobre a violência física:

A VIOLÊNCIA FÍSICA

A violência física é uma forma de agressão que causa danos ou lesões ao corpo de outra pessoa através do uso da força física. Essa forma de violência pode ser caracterizada por diferentes atos, como socos, chutes, tapas, empurrões e qualquer outro tipo de ação física que cause dor ou lesões.

Essa violência pode ocorrer em diversos contextos, como nas relações familiares, no ambiente escolar, no trabalho, nas relações afetivas ou até mesmo em espaços públicos. Ela pode ser praticada por pessoas de diferentes idades, gêneros, classes sociais ou religiões.

Muitas vezes, a violência física está ligada ao exercício de poder e controle sobre a vítima. É uma forma de impor a dominação e a submissão através da intimidação, do medo e da dor.

Infelizmente, é uma realidade que afeta milhares de pessoas ao redor do mundo, independentemente de sua origem, orientação sexual ou condição social. As suas  consequências são devastadoras. Além das lesões físicas imediatas, como hematomas, cortes e fraturas, as vítimas podem desenvolver problemas de saúde a longo prazo, como transtornos de ansiedade, depressão, distúrbios do sono e outros traumas psicológicos.

EXEMPLOS DE VIOLÊNCIA FÍSICA

Um exemplo de violência física é a agressão física doméstica. Nesse caso, ocorre a agressão de um membro da família contra outro, geralmente entre parceiros íntimos ou pais e filhos. Isso pode incluir socos, empurrões, tapas, chutes, estrangulamentos e qualquer outro tipo de ação que cause dor ou lesão física. 

Outro exemplo é o bullying. Esse comportamento ocorre principalmente no ambiente escolar, onde crianças e adolescentes são frequentemente submetidos a agressões físicas por parte de seus colegas. Isso pode incluir socos, chutes, puxões de cabelo e qualquer outra forma de agressão física que cause desconforto e sofrimento à vítima. 

O bullying físico pode deixar marcas visíveis no corpo e causar danos psicológicos profundos às vítimas, causando problemas como baixa autoestima, ansiedade e depressão. Além disso, esta modalidasde de violência também pode ser encontrada em contextos como o esporte. Embora a competição seja uma parte intrínseca de muitos esportes, algumas atletas podem ultrapassar os limites e se envolver em agressões físicas contra seus oponentes. Essa forma de violência esportiva pode ser extremamente perigosa, causar danos físicos graves e colocar em risco a integridade dos atletas envolvidos.

 É importante destacar que a violência física não é apenas restrita a esses exemplos recomendados. Ela pode ocorrer em qualquer contexto em que haja agressão física intencional contra outra pessoa. Isso inclui brigas de rua, assaltos violentos, atos de vandalismo com danos físicos e qualquer outra situação em que a força física seja utilizada para causar danos. 

A violência física também pode levar à morte em casos extremos. É importante ressaltar que essa violência, quando praticada sem que haja provocação injusta da vítima, sempre será crime. 

Existem leis e medidas de proteção para as vítimas e é fundamental que elas busquem ajuda e apoio para romper o ciclo de violência, o que pode ser garantido por intermédio de um bom advogado criminalista. 

COMO EU POSSO ME PROTEGER DA VIOLÊNCIA FÍSICA?

Quando a violência é perpetrada contra uma criança, adolescente ou mulher passa a ser possível se utilizar de medidas protetivas.

 Essas medidas são fundamentais para prevenir danos adicionais e proporcionar um ambiente seguro às vítimas. As medidas protetivas podem incluir uma série de ações, como o afastamento do agressor, a suspensão de se aproximar da vítima ou de seus familiares, a suspensão da posse de armas de fogo, entre outras restrições. 

Essas medidas visam reduzir o risco e a exposição das mulheres à violência, oferecendo uma resposta imediata e eficaz ao caso. É importante ressaltar que as medidas protetivas devem ser solicitadas perante a lei e é dever do Poder Judiciário analisar e decidir sobre a sua aplicação.

Geralmente, uma mulher que sofre violência pode buscar auxílio em uma delegacia de polícia, onde será orientada sobre como proceder para obter uma medida protetiva, mas o mais adequado é que procure um bom advogado criminalista para que possa lhe auxiliar durante todo o procedimento.

Afinal, é essencial que as mulheres e os outros vulneráveis aqui mencionados conheçam seus direitos e tenham acesso a informações sobre os recursos legais disponíveis para examiná-las.

Importante frisar que ao infringir a medida protetiva o sujeito é preso em flagrante, sendo assim uma ferramenta muito efetiva para garantir a segurança da vítima.

CONCLUSÃO

Após terminar essa leitura você passa a compreender o que é a violência física. Não só isso, acaba descobrindo que medidas podem ser adotadas para garantir a segurança da vítima. Agora, pode explicar sobre esse assunto para familiares e amigos.

Curtiu esse conteúdo? Sinta-se convidado para explorar o nosso blog. Garanto que os outros posts também irão lhe agradar. Precisa de auxílio por estar passando por alguma situação semelhante a aqui retratada? Você foi vítima de alguma violência? Chame-me no Whatsapp para que possamos marcar uma reunião aqui no escritório.